Paracetamol - é prejudicial?

Paracetamol - é prejudicial?

Rapidamente ajuda às dores e fica bem absorvido no trato gastrointestinal. É um dos comprimidos mais comuns sem receita médica. No entanto, é possível overdose e envenenamento.

Os ingredientes ativos são acetaminofeno, N-acetil-p-aminofenol. Tem funcionamento anti-inflamatório e alivia a dor de cabeça, dores musculares, dores menstruais e enxaquecas. Em Portugal há mais ou menos 20 produtos diferentes que o têm na composição. Muitas vezes, é utilizado sem consultar o médico, como uma panaceia para todas as aflições. Devido à grande disponibilidade, muitas vezes é usado de forma incorreta e em consequência leva ao envenenamento quais sintomas dependem principalmente da dose consumida.

Para que aconteçam efeitos tóxicos do paracetamol, é preciso consumir uma dose relativamente grande. Toxicidade do medicamento ocorre em uma única dose superior a 150 mg/kg de peso corporal. Vale a pena adicionar que a intoxicação com o paracetamol é a principal causa de insuficiência hepática severa e a segunda causa mais comum de insuficiência hepática que exige transplante. Em algum ponto, o fígado não é capaz de simplesmente "converter" uma dose demasiado elevada de droga que chega a ele com o sangue.

Para minimizar a possibilidade de envenenamento deve se seguir certas regras:

  • sempre antes de usar o medicamento, ler atentamente o folheto informativo e seguir as recomendações nele contido,

  • não aumentar a dose utilizada no tratamento sem antes consultar o seu médico,

  • manter os medicamentos fora do alcance das crianças pequenas,

  • limitar a quantidade de álcool consumido durante o uso do medicamento,

  • nunca usar mais de um produto que contém paracetamol ao mesmo tempo (a menos que o seu médico lhe indique),

  • no caso de algumas dúvidas sobre a ação do paracetamol deve consultar o seu médico de família.

O paracetamol em si não é prejudicial e pode ajudar em uma variedade de doenças, aliviar a dor e a inflamação. No entanto, como qualquer medicamento tomado em quantidades excessivas, muda a sua atividade terapêutica no envenenamento do organismo, e a sua ampla disponibilidade torna este medicamente o medicamento mais sobre dosado vendido sem receita médica.